Buscar
  • Da Redação

MAIS AMOR, POR FAVOR!


Por Vanessa Carvalho

Muita famílias chegam no consultório, angustiadas a procura de respostas para as dificuldades que os filhos apresentam . Alguns casos percebemos que os pais estão aflitos, preocupados com o comportamento que o filho vêm apresentando. Me coloco sempre no lugar desses pais, que muitas vezes não tem noção de como agir e do que fazer, mais que já estão no caminho certo buscando ajuda de um Psicopedagogo. Nesse momento, nosso papel como profissional da área clinica é de acolher essa família dando apoio, tirando as dúvidas e passando o máximo de informações possíveis para que eles possam se sentir mais seguros quanto a dificuldade que o filho (a) apresenta. Cabe ao psicopedagogo orientar, encaminhar e ajudar a família no que for preciso sendo sempre gentil e atencioso.


​Vanessa Castanha Santos de Carvalho

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Marx Planck –UNIMAX, atuou como professora alfabetizadora, ensino regular. Psicopedagoga clínica e institucional formada pelo Instituto Brasileiro de Formação de Educadores (IBFE). Psicopedagoga com experiência em atendimento domiciliar individual, dirige seus estudos a pesquisas referentes ao atendimento de crianças com Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – TDAH, Dislexia, Discalculia, Disortográfia, Distúrbio do processamento auditivo.

36 visualizações